Xi, será que vai crase? – Café com Pernas

Crase é sempre uma dúvida, até pessoas que leem bastante ficam com um pouco de dúvidas sobre ela. Por isso, vou dar umas dicas bem didáticas que podem resolver o problema.

Primeiramente, cabe lembrar que crase é o nome dado ao fenômeno que junta duas vogais iguais. Por exemplo, a preposição a + o artigo a. Quando isso ocorre, usamos o acento grave (`) para marcar.

Nunca existirá crase antes de:

  • Palavras masculinas.
  • Entre palavras repetidas (dia-a-dia).
  • Antes de artigos indefinidos (um, umas, uns, umas).
  • Antes de palavras no plural se o “a” estiver no singular.
  • Antes de numeral cardinal (exceto se indicarem hora).

Sempre ocorrerá crase:

  • Antes de locuções prepositivas, adverbiais e conjuntivas: às vezes, à toa, à esquerda, à noite, etc.
  • Antes de numeral cardinal indicando hora.

É possível colocar um termo masculino no lugar do termo feminino que se está em dúvida. Se surgir a forma ao, ocorrerá crase antes do termo feminino, por exemplo:

  • Conheço “a” aluna. / Conheço o aluno. < sem crase/acento
  • Refiro-me ao aluno. / Refiro-me à aluna. < com crase/acento

Para saber se existe crase antes de uma cidade, lugar, país, a regra é bem simples:

Diga a si mesmo: “Vou a, volto da, crase há! vou a, volto de, crase pra quê?”

Espero ter ajudado  =)