Quem tem só boca, pode não ir a Roma. – Café com Pernas

Começando a entender que comunicação não é só o que falamos, mas sim, o que os outros entendem.

Comunicar-se é algo de extrema importância ao ser humano. Tanto o é, que está entre as primeiras habilidades desenvolvidas por nós após o nascimento.

Sendo algo tão importante, porque é que não damos a devida atenção a algo que pode ser tão benéfico? Está aí a pergunta de 1 milhão de dólares.

Nós, que trabalhamos com comunicação, estamos habituados a ver o quanto é falho este processo e também, o quanto pecamos com a linguagem. O fruto disso são relacionamentos desgastados, parcerias rompidas e às vezes até, prejuízo financeiro.

 

Quem trabalha na área de comunicação deve pelo menos, entender o processo e, se for do interesse, aprender como melhorá-la, coisa que recomendo muito.

 

Por isso, decidi abordar os elementos do processo de comunicação para que tenhamos um ponto de partida do assunto.

 

Comunicar nada mais é que trocar mensagens ponto. Muda-se a situação, mas os elementos são característicos:

 

Emissor: é aquele com constrói e envia a mensagem;

Receptor: aquele ou aqueles que receberão a mensagem;

Mensagem: o conteúdo que será transmitido;

Código: sinais, regras, convenções culturais… Tudo o que será usado pelo emissor para se fazer entender pelo receptor. Fundamental que seja de comum ciência entre ambos;

Canal: meio pelo qual a comunicação será feita como, por exemplo, a fala, carta, e-mail, telefone e assim por diante;

Contexto: conjunto de variáveis que podem influenciar a comunicação;

Ruído: tudo aquilo que atrapalha o processo de comunicação. Pode aparecer em qualquer etapa e coloca em xeque o processo todo. Pode ser audível ou não. Às vezes uma idéia ou um sentimento podem ser considerados ruídos;

Feedback: o retorno que o receptor dará ao emissor. É aqui que temos a certeza se o processo de comunicação foi eficaz ou não e é aqui, que a confiança e relacionamentos serão construídos.

 

Pense em cada um desses elementos e imagine quantas variáveis podem falhar. Se você fez isso, terá idéia da complexidade da coisa e é por isso que eu vou voltar em breve pra te mostrar que dá pra melhorar, e muito, aquele bate papo ou uma reunião de trabalho.